Na década de 1990, em Paris, um grupo de ativistas esforça-se por captar a atenção da opinião pública para a epidemia da SIDA, que causou a morte a milhares de pessoas da comunidade homossexual.

Face à inacção do Governo francês, que nada fez para prevenir o alastrar do VIH, alguns jovens criam o Act Up, para promover acções não-violentas em defesa da prevenção e do tratamento da doença. É neste contexto que Nathan, um jovem que se junta ao movimento, conhece Sean, um dos militantes mais fiéis e proactivos do Act Up…

“120 Batimentos Por Minuto” foi o filme-sensação da 70.ª edição do Festival de Cinema de Cannes, onde recebeu o Grande Prémio do Júri. A realização fica a cargo de Robin Campillo (“Les Revenants”, “Eastern Boys”), segundo um argumento seu e de Philippe Mangeot, presidente da Act Up francesa nos anos 1990. Dia 23 de janeiro, no Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco, e dia 16 de fevereiro, no Centro Cultural Malaposta, em Odivelas.

COMPRAR