Hora:
Promotor:
Preço:
Idade:

40 anos de ousadia e criatividade

No início dos anos 80, uma trupe de artistas fundada por Gilles Ste-Croix tomou as ruas de Baie-Saint-Paul, nas margens do rio SaintLawrence perto do Quebec. Intitulado Les Échassiers de Baie-Saint-Paul, o grupo atuou nas ruas para deleite dos moradores e turistas. Em 1984, criaram um espetáculo que era uma mistura impressionante e dramática das artes do circo (sem animais) e de performance de rua que ficou caracterizado pelos trajes selvagens, pela iluminação mágica e música original. Chamaram-lhe Cirque du Soleil, porque “o sol simboliza a juventude, energia e a força”. A chegada aos Estados Unidos marcou o refinamento do processo criativo que ainda impulsiona a criação de cada novo espetáculo. Mystère tornou-se o primeiro espetáculo permanente do Cirque du Soleil em Las Vegas e duas décadas depois, continua a ser um marco de bilheteira. O Cirque du Soleil vinha para ficar, e nos anos seguintes conquistou a Ásia, a Europa e a América do Sul. Quatro décadas depois da primeira atuação, o Cirque du Soleil expandiu-se para uma ampla e diversificada gama de empreendimentos criativos, mas, como os próprios dizem “a essência do que fazemos permaneceu constante: invocamos a imaginação, provocamos os sentidos e evocamos as emoções das pessoas de todo o mundo.

O voo de Ícaro com agilidade, destreza e sensibilidade, um jovem executa mergulhos surpreendentes e contorções na rede que o mantém cativo.

Manipulação de varas demonstrando uma agilidade incrível, uma mulher manipula varas e gira um bastão. As suas varas tornam-se, assim, uma extensão do seu corpo.

Balanços russos acrobatas são arremessados no ar em movimentos notavelmente audaciosos.

Correias aéreas dois performers fundem-se no ar usando correias de pulso duplas numa série de movimentos sincronizados.

Superfície escorregadia numa superfície especial, os artistas brincam e projetam-se numa ilusão de patinagem emocionante.