18 de Março Coliseu Porto

Hora: 21:30
Promotor: UAU
Preço: De 20,00 a 25,00 €
Idade: M/06

O músico, compositor e autor Pedro Barroso regressa aos grandes concertos e às salas míticas portuguesas já a 18 de março no Coliseu Porto. E é o próprio, com a sua forma peculiar e poética, que faz o convite num texto endereçado ao público.

“Há poemas, temas, momentos e canções que nos ultrapassam e se tornam marcos coletivos. São vivências de uma geração, símbolos de resistência na luta pela Democracia, a Liberdade, a Diferença e o Sonho. Padrões de alma inteira projetados no espaço e no tempo. Subsistem; perduram. Correram o país. São de todos nós.

E quando – como me aconteceu – já estivemos no fundo mais fundo de tudo, há valores que redescobrimos, bem maiores que a nossa finitude; superiores à fragilidade da vida. Coisas que fizemos um dia, mas se tornaram muito mais que nós.

E essas, sim, é que vale a pena que nos sobrevivam e resistam aos tempos. São Cantos de sempre. Há que nunca os esquecer. São referências que merecem ser compartilhadas.

Até ver, sobrevivi dura e dificilmente a essa dúvida de mim mesmo. Vivi o último breu e a sala ficou-me, de súbito, vazia, após tantas noites de música e palavras. Mas vai ser bom voltarmos agora a enche-la, assim que subir o pano.

Após uma recepção notável – para lá de todas as expectativas – em Lisboa, foi minha vontade trazer este concerto agora ao Porto, onde já vivi muitas noites de emoção, magia e cumplicidade com gente muito especial e entusiasta. Conto convosco, amigos, após tão grande ausência, para celebrarmos a vida, numa noite bonita e que fique para a memória!”, Pedro Barroso.

Razões de sobra para contarmos consigo!