Neste ciclo de conversas pensa-se o tempo da próxima filiação humana, escutando ideias ativamente comprometidas com o futuro dos indivíduos, das sociedades e do planeta.

Vamo-nos debruçar especificamente sobre o impacto de tecnologias emergentes na vida de todos, ouvindo pessoas que a partir das suas áreas de estudo, pensam e idealizam a nossa existência comum, com o acompanhamento de Graça Castanheira. Dia 22 de janeiro, no Centro Cultural de Belém.

Neste dia a convidado será a professora Beth Singler, uma investigadora associada do projeto Human Identity in an Age of Nearly-Human Machines, no Instituto Faraday para a Ciência e Religião da Universidade de Cambridge, onde explora as implicações sociais e religiosas da Inteligência Artificial e da robótica. Como Antropóloga Digital, tem-se dedicado a interrogar as implicações éticas e religiosas do avanço da inteligência artificial, avaliando o impacto desta no nosso sistema de crenças.

COMPRAR