“A Forma da Água” no Auditório Ramo Grande nos Açores, dias 9 e 10 de março.

Início da década de 1960. Elisa Esposito é uma rapariga muda que trabalha como empregada de limpeza num laboratório de segurança máxima em Baltimore, EUA. A sua vida altera-se quando ali chega um humanóide anfíbio capturado nos mares da América do Sul que é mantido em cativeiro e usado em vários testes laboratoriais. Com o passar do tempo, Elisa começa a afeiçoar-se a ele e entre os dois surge algo muito parecido com amor.

COMPRAR