Para dar as boas vindas ao novo ano, o Coral Sinfónico de Portugal apresenta uma das obras mais famosas do repertório coral sinfónico: Carmina Burana.

O texto é baseado numa série de textos latinos, medievais e escritos vernaculares de trovadores. As palavras contêm comentários satíricos e irónicos sobre a religião medieval e sobre a sociedade contemporânea, mas a própria música expressa vivamente o impulso natural das palavras, sendo não tanto um comentário cristão como uma celebração pagã da alegria da vida. O concerto começa com a Bacchanale da ópera Samson e Delilah de Camille Saint-Saens, dia 7 de janeiro de 2018 no Centro Cultural Olga Cadaval, Sintra.

COMPRAR