O irreconhecível som do acordeão de Bjarke, vai ser ouvido no Centro de Cultura Contemporânea, em Castelo Branco, dia 9 de fevereiro.

Nascido em 1985 na ilha dinamarquesa de Bornholm, Bjarke Mogensen rapidamente ganhou renome como acordeonista virtuoso, reconhecido internacionalmente como um músico versátil, interpretando diferentes estilos. Estreou-se aos 13 anos como solista numa emissão da televisão alemã com a Orquestra Sinfónica de Munique para milhões de espectadores. Desde então, uma curiosidade incomum e a procura por novos sons e expressões do seu instrumento têm-no levado para caminhos musicais onde poucos artistas se aventuraram antes, sendo um solista bastante requisitado no mundo da música clássica.

COMPRAR