Celeste foi uma das primeiras Fadistas a realmente internacionalizar-se, cantando em variadíssimos países e nos grandes palcos mundiais, onde podemos destacar, entre outros, o Concertgebouw em Amesterdão, o Carnegie Hall em Nova York ou o Cité de la Music em Paris.

Celeste Rodrigues nasceu em 1923 e começou a cantar aos 22 anos. Foi das primeiras fadistas a internacionalizar-se, levando o Fado além-fronteiras. Hoje, referência maior das novas gerações de fadistas, Celeste Rodrigues é a decano da canção nacional. Apesar das sucessivas comparações com Amália Rodrigues, sua irmã, Celeste Rodrigues possui uma autenticidade única, uma forma singular de interpretação, patente nos temas do seu repertório, como os populares “A lenda das algas” (Laierte Neves – Jaime Mendes), “Saudade vai-te embora” (Júlio de Sousa), “O meu xaile” (Varela Silva), ou o tema de Manuel Casimiro “Olha a mala”, que se tornou o seu maior êxito de vendas, entre os quase 60 discos que gravou.

Com 73 anos de carreira, 95 de idade e uma vida cheia a quem a idade não parece pesar, Celeste Rodrigues mantém-se ativa, cantando regularmente no Café Luso (Bairro Alto) e na Mesa de Frades (Alfama). Dia 11 de Maio, apresenta-se no Teatro Tivoli BBVA para um concerto imperdível.

COMPRAR