As convicções de Elizabeth Costello, no Pequeno Auditório, no Teatro de Vila Real dia 17 de fevereiro.

Elizabeth Costello, uma escritora no final da vida, espera em frente ao “grande portão”. Para que possa entrar, tem de fazer uma declaração sobre as suas crenças, frente a um tribunal. Mas o seu argumento de que uma escritora – uma “secretária do invisível” – não deve ter crenças, não é bem acolhido pelos juízes. O que se vai acontecer a esta mulher? Será que terá direito à audiência?

COMPRAR