Fernando Mendes veste a pele de Custódio Reis, um comum português de classe média que sobrevive a vender vinhos e outras bebidas. À beira de um divórcio, e afogado em dívidas e créditos contraídos, depara-se com uma “Insónia” que o faz pensar sobre os seus problemas e como os vai tentar resolver. Uma hilariante crise interior que mostra o confronto entre a ansiedade e a tentativa de alcançar a paz para conseguir voltar a dormir. Pelo meio, Custódio Reis vai assistindo a alguns programas de televisão para ver se “chama o sono” e protagonizando momentos improváveis. Uma comédia que brinca, de forma muito divertida, com assuntos sérios. “Insónia” está em cena de sexta a domingo, e 2 a 25 de novembro, no Teatro Armando Cortez, Lisboa.

COMPRAR