Uma história passada em Sacramento, Califórnia, em 2002, no meio de um cenário de rápida mudança da economia americana.

Uma história que explora o humor e a emoção na turbulenta ligação entre mãe e filha. Christine McPherson ou “Lady Bird” como prefere ser chamada, deseja sair de casa e ir para uma universidade bem longe da sua mãe. A mãe, que trabalha incansavelmente como enfermeira para sustentar a sua família depois do pai ter perdido o emprego, não gosta da ideia da sua filha.  “Lady Bird” tenta de tudo para contrariar a mãe, e vive até setembro como a adolescente que é, tendo amores, desamores e muitos conflitos. De 19 a 23 de abril, assista ao filme “Lady Bird” no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo nos Açores.

COMPRAR