De 20 a 29 de Julho o Festival Internacional de Música de Marvão regressa para a sua quinta edição. Durante os dez dias do festival  realizam-se 35 concertos, distribuídos por Marvão, Portalegre, Santo António das Areias, Galegos, Escusa, a Quinta dos Olhos d’Água e o complexo arqueológico romano de Ammaia e, pela primeira vez, na vila de Castelo de Vide, além do vizinho município espanhol de Valência de Alcântara, já habitual. No dia da abertura, a Orquestra Estatal de Atenas, dirigida por Christoph Poppen, estreia-se em Portugal ao atuar no Castelo de Marvão. O soprano Juliane Banse e a violinista Veronika Eberle serão os solistas, com um programa inteiramente preenchido por composições de Antonín Dvorák, designadamente o Concerto para violino, a “Canção da Lua” – da ópera “Rusalka”, interpretada em português –, e a Sinfonia n.º 8. Também o fadista Rodrigo Costa Félix fará parte do festival, no dia 21, ao dar um espetáculo na cisterna do Castelo. Além dos concertos, a programação também inclui conferências, iniciativas para crianças e encontros gastronómicos, um dos quais com o “chef” alemão Thorsten Gillert, no dia 24, em que participa o Novus String Quartet. Um festival que os amantes da música clássica não podem perder.

COMPRAR