Os Monstros do Ano regressam para aquela que será a sua 10.ª edição. À semelhança do que aconteceu nos últimos três anos, a cerimónia irá decorrer novamente no Cinema São Jorge, na sala Manoel de Oliveira, e terá início às 17 horas do dia 27 de maio.

A sátira social é o prato principal do evento, cujo objetivo passa por premiar alguns dos protagonistas dos acontecimentos mais singulares e virais durante o último ano.

A gala é organizada por Fernando Alvim e pela sua produtora Cego, Surdo e Mudo, mas ainda não foram adiantadas as categorias e os nomeados desta edição. Sabe-se, no entanto, que o momento protagonizado pela Maya, nas “Manhãs CM”, ao som da música “Que tiro foi esse?”, estará nesse lote. Através do cartaz já disponibilizado também é possível perceber que a procura de casa de Madonna por Lisboa, o vídeo-árbitro na 1ª Liga de Futebol, a polémica do caso “Raríssimas” e a independência da Catalunha também serão temas destacados.

Na gala de ano anterior a equipa de futebol portuense “Canelas 2010” foi o grande vencedor da cerimónia ao conquistar o “Monstro do Ano”, o principal galardão em disputa. Pedro Arroja, economista português, e João Araújo, advogado de José Sócrates, tinham sido os vencedores nos anos imediatamente anteriores.

COMPRAR