FAFÁ DE BELÉM NÃO SE CANSA DE QUERER PROVAR QUE SUA AFINIDADE COM PORTUGAL VAI MUITO ALÉM DO QUE O NOME ARTÍSTICO SUGERE. VOLTA A CRUZAR O ATLÂNTICO, DESTA VEZ PARA COMEMORAR OS SEUS 30 ANOS DE CARREIRA, NO COLISEU DO PORTO, A 26 DE OUTUBRO. PROMETE UM CONCERTO COM MUITO RITMO E UMA VISITA AO ESTÁDIO DA LUZ.

Chegar a uma marca de 40 anos de carreira em Portugal é um feito difícil até para muitos artistas portugueses. Como você se sente?
Muito feliz. Tenho um orgulho enorme de minha carreira e desta relação de afeto que existe com Portugal e o povo português. Estou muito animada com este lançamento do DVD e os dois espetáculos em Lisboa e Porto (Coliseu Porto).

Quais os laços que unem Fafá de Belém a Portugal?
Todos! A música, o afeto, a amizade, a gastronomia, os vinhos…

Como foi planeado o repertório do concerto para celebrar a data?
O repertório é um passeio pelos meus 40 anos de carreira, somando as novas canções deste novo CD, e com uma sonoridade amazônico-caribenha. Há músicas de cantores portugueses como Rui Veloso, Paulo Gonzo e Deolinda no set do show. O público português pode esperar uma participação especial de alguns deles? Tenho grande admiração pela canção portuguesa. Do fado tradicional às canções contemporâneas. E tenho queridos amigos como Rui e Paulo Gonzo.

Você já se cofessou “adepta” do Benfica. Há espaço na agenda para acompanhar um jogo na Luz?
Sempre! (Risos)

Na sua opinião, o que mais mudou em Portugal nesses últimos 40 anos?
Portugal ensolarou, iluminou-se, modernizou-se sem se perder de seu chão! Amo isto!

COMPRAR