O compromisso do Trio Pangea com a divulgação da música do século XX e XXI, nomeadamente a portuguesa, tem sido notório.

Paralelamente ao facto de trabalharem na divulgação de vários projetos musicais deste século e do século passado, os três músicos desenvolvem as suas próprias interpretações ao redescobrir os grandes trios de repertório. Sendo presença regular em ciclos e festivais nacionais e internacionais como “Os Dias da Música” do CCB, Festival Internacional do Estoril, “Mosan Summer Festival”, “Conciertos del Museo Evaristo Valle” e tocando em salas como as da Fundação C. Gulbenkian, “Auditorio Nacional” de Madrid ou “Auditorum de Dreux”, entre outras.
Das frequentes colaborações com compositores contemporâneos como Emmanuel Hieaux e Sérgio Azevedo, surgiram duas gravações, a primeira o CD “Une Goutte d’ombre” para a etiqueta Disques Coriolan e a segunda, parte do primeiro volume da antologia de trios portugueses para a NAXOS, um projecto original do Trio Pangea. Colaboram regularmente com a RDP-Antena 2, em gravações e concertos. Dia 28 de fevereiro, o trio desloca-se ao Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco.

COMPRAR